Castanheira do Ribatejo: Celebração marca final de ano letivo

Comum aos crentes e aos não crentes é o sentimento de gratidão. Mas para os crentes ele assume o sentido de uma Ação de Graças. Este foi o desafio da disciplina de EMRC do Agrupamento de Escolas D. António de Ataíde, na Castanheira do Ribatejo, no dia 28 de maio.

Os alunos de EMRC deslocaram-se à Igreja de São Bartolomeu, matriz da Castanheira do Ribatejo, tendo como celebrante o Bispo Auxiliar de Lisboa, D. Nuno Brás, para este gesto tão simbólico e tão significativo.

Todos estavam convidados, alunos, professores, funcionários, pais e encarregados de educação, porque todos temos necessidade de agradecer. Agradecer pelo percurso de mais um ano que chega ao fim, agradecer pelo esforço corajoso de todos (cada um com a sua singularidade!). Todos somos um: um projeto educativo, fomentador de conhecimento e de sabedoria; de crescimento harmonioso e integral; um projeto formativo de personalidades livres e esclarecidas.

Ação de Graças significa olhar para a vida e descobrir a beleza da gratuidade, do serviço e expressá-la num gesto de gratidão.

E, se para se ser aluno de EMRC ninguém necessita de ser crente, é um olhar crente aquele que através da disciplina de EMRC poisa em cada aluno para o tornar construtor de uma humanidade muito mais feliz!

 

Prof. de EMRC, José Paulo Pereira